Um pouco sobre o jornaleiro

Projeto realizado pelos alunos do curso de comunicação da FACCAMP é porta de entrada para realidade vivenciada nas áreas.

 

O projeto foi idealizado pelo Prof. Felipe Schadt, após ter recebido uma proposta da direção da faculdade com o desafio de criar um jornal online para os cursos de comunicação, e em 06 de agosto de 2012 deu início as atividades com mais três alunos. A ideia principal se baseia no conceito de um jornal democrático onde se deixa de lado a forma de trabalho do jornal comum, em que existe uma subordinação e hierarquia de trabalho e cria-se um meio em que os alunos dialogam um com outro na elaboração de pautas e que também tem uma função de liderança, ou seja todos tem a mesma voz.

 

No começo as matérias eram publicadas apenas no facebook, posteriormente criou-se o jornal impresso e agora existe até um site próprio.

 

Atualmente cerca de 40 alunos e ex-alunos compõem o núcleo de participantes do projeto que hoje já atingiu um grande percentual de leitores e seguidores, principalmente pelo facebook, já com 4.584 curtidas. Edições do jornal impresso são distribuídas gratuitamente uma vez a cada três meses na faculdade, bancas, dentre outros pontos da cidade. Espera-se que futuramente essas distribuições passem a ser a cada um mês. No jornal online ocorrem três publicações semanalmente. Além disso um acervo também online, mantem todos os jornais já impressos e divulgados que é possível acessar através do site do jornaleiro.

 

O projeto permite a união de todos os cursos de comunicação ofertados pela faculdade, onde os alunos de jornalismo, publicidade e propaganda e rádio e televisão, atuam para elaboração de todo o material divulgado desde a pesquisa a execução das matérias.

 

O UniversiTime conversou com alunos já participantes, novos ingressantes e ex-participantes do projeto (Pós curso) que ainda acompanham as atividades desenvolvidas que relataram como foi ou está sendo a experiência.

 

Isabela Cristófaro, aluna do 5º semestre de jornalismo nos contou, “Fui apresentada ao Jornaleiro no meu primeiro ano de faculdade, logo na primeira semana de curso. Achei muito interessante o modo como os alunos do jornaleiro trabalhavam. Abriram-se as inscrições e me inscrevi. No começo eu não era muito ativa no projeto, confesso. Mas depois o abracei de tal forma que não quero soltar (risos). Cada experiência que eu tive com o Jornaleiro foi e tem sido única. Com certeza eu levarei tudo que tenho aprendido comigo. Sobre as questões profissionais vejo que o projeto só tem contribuído muito, pois nesse projeto somos nós que “colocamos a mão na massa” e além disso, construímos nosso conhecimento de modo coletivo”.
 

Já para Carolina Ferreira, aluna do 2º semestre de jornalismo, “O jornaleiro é uma excelente oportunidade do aluno colocar em prática muito do que se aprende em sala de aula. É onde podemos errar, melhorar e finalmente acertar. Indico para todos os alunos”.

 

Kellen Melo ex- aluna do curso de jornalismo que ainda participa da atividades desenvolvidas, nos contou que. “No final do ano passado me formei em jornalismo e fiz parte do projeto desde o segundo semestre da faculdade. Antes de dizer sobre os efeitos do jornaleiro em mim, vale lembrar que as bases metodológicas do projeto é a educomunicação, área que trabalha sempre com o diálogo e participação. Quando comecei a fazer parte do jornaleiro me senti abraçada, pois era diferente de tudo que já tinha vivenciado antes. No projeto sempre aprendi e ensinei muito. Tive experiências que jamais viveria e tenho muita história para contar. No início do curso era tímida tinha medo de dar minha opinião. Até que ingressei no projeto e jamais pensei em deixar, pois percebi que tinha voz e que podia mostrar meu trabalho. Escrevi muitos textos, ganhei prêmios, amigos e posso dizer sem medo que sou uma ótima jornalista pela grande contribuição do projeto. Todo esse engajamento me proporcionou um crescimento pessoal, a ser mais humana, a pensar no próximo e a encontrar meu lugar no mundo. Ajudou também no crescimento profissional, porque durante todos os anos de faculdade quando eu ia para as entrevistas de emprego, tinha um portfólio bastante agradável e sempre me dei bem. Além de realizar sonhos, entrevistei a Daiane dos Santos e perdi o medo das câmeras. Sinto muita saudade do projeto e sempre que possível quero estar próxima vendo meus amigos crescerem tanto quanto eu, e ajudar no que for possível”.
 

As inscrições para participar do projeto ocorrem anualmente e as vagas são destinadas aos alunos do segundo semestre de cada curso. Esse ano o período de inscrição foi de 15 a 17 de março. Acesse o jornaleiro através do site, www.ojornaleiro.net ou pelo facebook: O Jornaleiro e confira todo o trabalho realizado por esses alunos que amam o que fazem.

 

E você que já é estudante dos cursos de comunicação da Faccamp, no próximo processo seletivo não perca o prazo e candidate-se. O trajeto para ingressar no mercado de trabalho começa aqui.
 

“O Jornaleiro é um espaço capaz de produzir protagonismo júnior”.

Felipe Schadt professor idealizador do projeto.


 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

7ª JORNADA DA COMUNICAÇÃO -  APP CAMPINAS

11/09/2017

1/4
Please reload

Posts Recentes

25/09/2019

25/09/2019

Please reload

Arquivo