Buscar
  • Yasmim Dorti

DEBEA promoveu mutirão de castração para cães e gatos em Jundiaí

Tutores puderam levar seus animais para esterilização de forma gratuita em escolas da cidade


Por: Yasmim Dorti - 21 de junho de 2022 às 18h30



Gatos também foram atendidos pelo mutirão de castração. (Foto por: internet)

Nas últimas semanas, o município de Jundiaí recebeu um mutirão de castração para cães e gatos, na qual os tutores puderam levar seus pets para fazer a castração de forma gratuita nas escolas. O Jornaleiro entrou em contato com alguns tutores para nos informar sobre o atendimento e o pós-operatório.


De acordo com a Prefeitura de Jundiaí, a ação partiu do DEBEA (Departamento do Bem-Estar Animal), vinculado à Unidade de Gestão de Planejamento Urbano de Meio Ambiente (UGPUMA), que tem como objetivo evitar o descontrole populacional de cães e gatos e facilitar o acesso dos tutores, visto que a castração na maioria das vezes é cobrada e feita por clínicas veterinárias.


Arthur (à direita) sofreu ferimentos após a cirurgia (Foto: Filipe Gebran)

Porém, do mesmo modo em que o acesso é facilitado, também pode gerar consequências ao animal. A motorista de aplicativo Luciana Gebran de Sousa (43), que levou seu cachorro, Arthur, para a castração no Jardim do Lago no dia 28 de maio, na EMEB Professora Geralda Berthola Facca, notou, após o procedimento, ferimentos no local da cirurgia. “Fomos muito bem atendidos. Ele foi o primeiro a ser chamado após uma fila extensa de gatos e entrou em uma sala onde foi pesado e já foi administrado por um sedativo, eu acredito que seja subcutâneo. Após ele estar sonolento foi puncionado um acesso e levaram ele para a sala onde seria realizado o procedimento”, disse a motorista. “Entre o procedimento e a recuperação foram mais ou menos duas horas. O Arthur sofreu um pouco porque teve uma complicação. Ele teve um hematoma na região incisional e nos testículos. Entrei em contato com a veterinária que nos orientou sobre o que administrar na região e nos dias que se seguiram ela me deu suporte”, contou Luciana. “Todos os dias eu mando foto para ela analisar a evolução do hematoma. Fomos muito bem atendidos, tanto no procedimento quanto após. Não podemos reclamar”, complementou. Apesar das complicações, o pet passa bem.


"Fomos muito bem atendidos, tanto no procedimento quanto após. Não podemos reclamar”, afirmou tutora

Já a corretora de imóveis Janaína Aparecida Hypolito (47), levou sua cachorra, a Pandora, no dia 28 de maio para a esterilização e a mesma não sofreu lesões. “No dia 23 recebi um comunicado na agenda da escola do meu filho que teria castração comunitária na própria escola. No mesmo dia, fiz o cadastro no site da Prefeitura e na escola, e já agendaram na mesma semana para o sábado dia 28. Adorei a rapidez no agendamento, o cuidado dos profissionais com os animais e o melhor, eles foram microchipados, aumentando a segurança com nossos animais” disse a corretora.


O mutirão ocorreu nos dias 28 e 29 de maio, na região do Jardim do Lago na EMEB Professora Geralda Berthola Facca e no dia 4 de junho nas regiões Cecap, Engordadouro, Terra da Uva e Poste, na EMEB Antonio Adelino Marques da Silva Brandão.


Para quem tiver interessado em castrar seus animais de estimação, um cadastro pelo site da Prefeitura de Jundiaí ou pelo aplicativo de celular APP Jundiaí, no serviço Cadastro de Animais para Castração, poderá ser feito. Os tutores podem inscrever cães e gatos, fêmeas e machos com idade entre três meses e oito anos e com peso superior a de um quilo.

39 visualizações
O Jornaleiro_logo branco.png