top of page
Buscar

ONG atende pessoas em situação de rua e famílias em vulnerabilidade

Desde 2020, junto ao início da pandemia, o grupo Alimentando as Ruas trabalha com o propósito de fazer mais pelo próximo


Por: Júlia Bertucci - 23 de Novembro de 2022 às 21h25


A ONG Alimentando as Ruas nasceu em 2020, no inicio da pandemia da covid-19, para ajudar e atender pessoas e famílias que estão passando por problemas de vulnerabilidade econômica. Localizada na cidade de Jundiaí, eles não possuem uma sede física e se dividem em suas próprias casas para atender as funções de comprar, fazer e distribuir marmitas e kits de lanches.


A ONG produz as refeições através de doações e conta com a colaboração de grupos envolvidos no projeto e de uma nutricionista voluntária, que ajuda com a elaboração dos cardápios das marmitas, para elas sejam compostas de uma refeição saudável e nutritiva.


Em datas comemorativas, mobilizam ações especiais como: campanhas de kits de presentes; marmitas diferenciadas; mimos; doação de ração para animais; além de ações paralelas como campanha de inverno e entrega de cestas básicas.


Luana Evelin Silva (34), fundadora da ONG, explica sobre a gratidão que sente ao realizar o trabalho voluntário. “Sinto-me muito grata por ter tido a oportunidade de idealizar a ONG. A idéia nasceu no início da pandemia em março de 2020, por mim, quando decidi fazer marmitas em casa e distribuir para as pessoas em situação de rua, pois imaginei que, como estavam passando por um momento ainda mais difícil, e com os estabelecimentos fechados, decidi começar a divulgar a instituição, em busca de ajudar ainda mais pessoas”, afirmou Luana. “Três anos depois, somos um grupo de 100 voluntários, com oito líderes. Por meio dessas doações fazemos marmitas todos os sábados para pessoas em situação de rua. E uma vez por mês promovemos campanhas em comunidades para assistir as famílias em vulnerabilidade", completou.

"Para ser voluntario é só acessar a nossa página do Instagram @alimentandoasruas, abrir o link na Bio e preencher o formulário"

A ONG tem como propósito principal ajudar os mais necessitados, com empatia e ter um olhar diferenciado a quem de fato precisa de afeto, uma conversa amiga, atenção, companhia e uma alimentação diária. A meta deles é aumentar a quantidade de voluntários.


Campanha de Natal 2022


Na campanha desse ano, a meta é conseguir apadrinhar 110 crianças, que, segundo os organizadores, irão ganhar de seus padrinhos um kit com: calçado, conjunto de roupa e brinquedo. "Vamos levar também, 400 refeições típicas de natal, carrinho de algodão doce e pipoca, bolo, leite, ovos e ração para cães e gatos. E para fazer a festa da criançada, teremos personagens fantasiados, brinquedo pulo-pula, piscina de bolinha, pintura facial, escultura com balões e a presença é claro, do Papai e Mamãe Noel para a entrega dos presentes", finalizou Luana.


Abaixo, acompanhe algumas fotos de uma ação realizada pela ONG no bairro do Botujuru, em Campo Limpo Paulista:

Campanha feita em Botujuru, Campo Limpo Paulista-SP (Imagem: Arquivo ONG Alimentando as Ruas)

92 visualizações

コメント


O Jornaleiro_logo branco.png
bottom of page