top of page
Buscar

Campo Limpo Paulista volta ao mapa da Federação Paulista de Futebol

Com apenas cinco anos de projeto, o clube Metropolitano F.C se destaca em campeonatos de base.


Por: Gustavo Henrique e Hudson Toledo - 11 de julho de 2023 às 15h20


Garotos da categoria sub. 15 do time do Metropolitano (Foto: Reprodução/Metropolitano)

Com a chegada ao município em 2021, o Metropolitano Futebol Clube ou mais conhecido pelos seus torcedores como “Metro”, recolocou a cidade de Campo Limpo Paulista no cenário do futebol de São Paulo. Já que, o município, não sediava um campeonato de caráter profissional desde 2012, quando foi sede do grupo “G” da Copa São Paulo de Futebol Junior, ano em que a equipe Red Bull Brasil utilizou o Estádio General Aldévio Barbosa de Lemos como sede para a disputa.


Em entrevista ao Jornaleiro, o Presidente Vinícius Pontes, comenta sobre como um clube como formador pode ser importante para a cidade e para os munícipes. “Ter um clube que oferece uma estrutura para os nossos adolescente, é sem dúvida nenhuma algo muito positivo para a cidade. O nosso objetivo como clube empresa, é primeiramente não colocar o jogador no mundo do futebol, mas sim, antes de tudo, formar pessoas melhoras e fortes, ou seja, incentivar o adolescente a ingressar em uma faculdade ou até mesmo em um curso básico e só depois, focar totalmente ao mundo do futebol”.



(Foto: Reprodução/Metropolitano)

O Metropolitano


Fundado em 2018 pelo empresário Vinicius Pontes na cidade de Jundiaí, o Metropolitano nasceu com os objetivos de formar, revelar e inserir novos jogadores ao ambiente do futebol profissional. Após viver uma frustração com a carreira profissional do seu filho no mundo do futebol, Vinícius decidiu idealizar em sua mente, como que um clube deveria tratar os seus atletas e como deveria ser gerido administrativamente. Já na parte da organização, o clube se inspira nos clubes de ponta e na nova onda que surge no futebol, a direção de um clube-empresa. “A parte da organização e planejamento de um time, é o que motiva a sempre tentar melhorar o clube, sei que não será fácil, mas a meta é fazer com que o Metrô se firme de uma vez por toda no cenário do futebol”, completa Vinícius.


Para finalizar, é valido ressaltar que apesar do projeto ambicioso, o fundador Vinícius, não projeta a criação de uma equipe principal do Metropolitano Futebol Clube, mas sim, aprimorar e ampliar um ecossistema profissional para todos os atletas, desde do sub-10 até o sub-20. Criando também, uma academia e um núcleo médico, possibilitando que outros jogadores profissionais possam utilizar as instalações para se recuperarem de lesões e incômodos físicos.


26 visualizações

Comments


O Jornaleiro_logo branco.png
bottom of page