CONHEÇA OS TIPOS DE FAKE NEWS

April 20, 2018

 

Notícias inverídicas se espalham e são cada vez mais presentes

 

Fake news é um desafio para a sociedade

 

As fake news, geralmente disseminadas pelas redes sociais, portais de notícias e aplicativos de mensagem possuem o objetivo de enganar, e muitas vezes os conteúdos se parecem com uma informação verdadeira e assim se multiplicam. Sua propagação é uma das grandes preocupações do momento, já que elas são divulgadas de maneira rápida.

 

É comum receber essas notícias em mensagens no WhatsApp, Facebook e Twitter. Elas também podem ser utilizadas para espalhar informações caluniosas, aplicar golpes, influenciar pessoas, manipular a política e em diversas ações.

 

Hoje, é possível ver um cenário com empresas que produzem essas notícias e manipulam algoritmos, utilizando recursos para envolver o maior número de pessoas.

O crescimento desses conteúdos fez com que a jornalista Claire Wardle identificasse os tipos de fake news, e as dividisse em sete categorias, entre elas:

 

1 - Sátira ou paródia: sem intenção de causar mal, mas tem potencial de enganar;

2 - Falsa conexão: quando manchetes, imagens ou legendas dão falsas dicas do que é o conteúdo realmente;

3 - Conteúdo enganoso: uso enganoso de uma informação para usá-la contra um assunto ou uma pessoa;

4 - Falso contexto: conteúdo genuíno compartilhado com um contexto falso;

5 - Conteúdo impostor: quando fontes têm seus nomes usados, mas com afirmações que não são suas;

6 - Conteúdo manipulado: informação ou ideia verdadeira é manipulada para enganar o público;

7 - Conteúdo fabricado: 100% falso e construído com intuito de desinformar o público e causar algum mal.

 

Um caso recente de fake news foi o da vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros no Rio de Janeiro. Algumas horas após o crime, diversas informações falsas estavam disponíveis na internet e se espalharam rapidamente.

 

Para evitar situações como essa, a Federação Internacional das Associações e Instituições de bibliotecária (IFLA) publicou dicas para ajudar as pessoas a identificarem notícias falsas, como: considerar a fonte da informação, ler além do título, checar os autores, procurar fontes de apoio, checar a data da publicação, questionar se é piada, revisar preconceitos e consultar especialistas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

7ª JORNADA DA COMUNICAÇÃO -  APP CAMPINAS

11/09/2017

1/4
Please reload

Posts Recentes

25/09/2019

25/09/2019

Please reload

Arquivo